Como se planejar para compra de moeda

A Business Portugal tem mais de 10 anos de atuação em Tecnologias, Consultorias e Gestão com vivência no Brasil e Angola e presta serviços para pequenas e médias empresas a estabelecerem seus negócios em Portugal. “Desde sua ideia de negócio, aconselhamento, análises comparativas, novos negócios ou expansão de atividades existentes, estamos prontos para ajudar”, explica o Consultor André Almeida.

Hoje vamos falar sobre câmbio. A primeira dica da Business Portugal é: câmbio não é investimento e em muito é especulação, por isso temos sempre de estar atentos e planejar. Pequenas operações para compra de moeda para algum uso futuro não é um investimento, pois as devidas variações cambiais estão sempre sujeitas a diversos fatores externos, portanto, cuidado ao tratar deste assunto como investimento!

Ao buscar empreender em Portugal, este é um dos primeiros itens a se pensar e planejar, sempre em função do tempo e datas alvo em seus processos. Tenha uma assessoria para auxiliar desde este primeiro passo contando com aconselhamento e planejamento personalizado. Na Business Portugal possuímos os melhores parceiros para tratar de operações de câmbio também.

“O primeiro passo é sempre ter um plano básico, agarrar neste e seguir até o fim. Seja para obter um valor de X Euros em determinado período, operar por um determinado período de tempo para obter um resultado ou simplesmente para preservar algum recurso extra para algum uso futuro no exterior”.

André explica que “operações de curto prazo (até 6 meses) podem sofrer menores variações do que operações por exemplo, de 1 ou 2 anos, e para isso, sempre sugerimos que o cliente trabalhe com valores médios. Mas mesmo assim, movimentos políticos, macroeconômicos e toda situação que o mundo hoje vive pode tornar muito complicado de se prever algo, sendo que a nossa dica aqui de como se planejar para compra de moeda é focada na obtenção dos valores médios sobre um determinado período.”

Para lidar com contas bancárias, André orienta: “Muitas vezes é possível em viagens ao exterior, efetuar a abertura de uma conta bancária em moeda de destino, o que poderá trazer imensos benefícios e facilitar as remessas ao exterior. Se tens alguma viagem programada para algum país, vale conversar com seu banco e verificar se eles possuem alguma atividade naquele país ou se o país mesmo, possui algum banco com atividade no seu país de origem.

Podemos ainda aqui em Portugal fazer o link de contato entre as agências daqui e do Brasil para prestar orientação. Sempre vale o contato com o seu banco e verificar as opções e de como trabalham com entidades no exterior. Sobre corretores, ao existirem suas contas já abertas, podemos recomendar alguns parceiros nossos para estas operações.”

Para obter um valor médio cambial, o consultor detalha que “basta dividir em prestações as suas operações, seja em função do valor ou do tempo. Estamos falando aqui de câmbio comum e não de operações de comércio exterior, que possuem outras ferramentas para apoio”, conclui André Almeida.

www.businesspt.pt – Verifique nossa seção de artigos para mais informações

Telefone: +351 918 706 078 – Lisboa Portugal


1 visualização

© 2017 REVISTA NOSSA CIDADE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Alameda Roentgen 7D - 1ª andar, Escritório 7 - Telheiras, Lisboa, Portugal

lisboa@revistanossacidade.pt / rnc.lisboa@gmail.com

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Preto Ícone YouTube