A MODA BRASILEIRA DESBRAVANDO PORTUGAL


Fundada pelo empresário luso-brasileiro, Jorge Marge, a Qonda iniciou as atividades em 1989 com a proposta de fabricar produtos de moda praia com qualidade, estampa exclusiva e variedade para toda a família, rapidamente conquistando o público carioca. Com o sucesso, em 2009, a Qonda lançou um novo empreendimento, a marca Qart, atendendo também ao mercado de moda fitness.

Com a direção de sua esposa, Fabrícia Costa, a Qart nasceu com o desejo em atuar em um nicho que envolvesse energia e movimento. Fabrícia enxergou, então, a oportunidade perfeita no segmento fitness, unindo a sua paixão por moda com a vontade de colaborar com as mulheres em seus projetos de vida saudável.

As marcas atuam de maneira complementar, com o objetivo de promover a diversidade tanto no conceito quanto no mix de produtos. Propondo sempre um diálogo aberto, com contato próximo com as consumidoras e fornecendo uma variedade de estampas e modelos sem igual.


Com os bons resultados nos dois segmentos e atentos ao mercado comercial, recentemente iniciaram o processo de internacionalização das marcas. A decisão de levar a Qonda e a Qart para além-mar faz parte do projeto de expansão do negócio e vai ao encontro da constante busca pela exportação de empresas brasileiras, que vêm apresentando cases bastante positivos no cenário empreendedor.

O casal acompanhou pessoalmente os preparativos para a inauguração da primeira loja em solo português. A escolha por Lisboa foi motivada pela paixão do proprietário da empresa pela cidade dos azulejos coloridos, que vem da aproximação familiar e muitos anos de contato com a cidade durante a adolescência. Além de, claro, o bom desempenho da economia e das políticas locais para atrair investidores estrangeiros com desejo de empreender no país.

“Com mais de 30 anos de mercado e produtos com excelente aceitação do público, neste ano iniciamos o projeto de internacionalização. Após realizarmos pesquisas de mercado, evidenciamos o desejo pelo biquíni brasileiro mundo afora. Então, pensamos, se existe mercado, desejo e força de vontade, por quê não?!”, relata a direção da empresa.

Na caminhada rumo à primeira loja na Europa, foram enfrentados muitos desafios. Os maiores se relacionaram a regularização internacional, autorizações, frete e definição do modelo de negócio e mix de produtos para o exterior, tendo em vista que o modo de consumo é diferente em relação à América Latina. Desta maneira, foi necessário elaborar intensas pesquisas, para que o posicionamento fosse assertivo. “Buscamos saber o que, de fato, encantava o coração dos portugueses, assim como dos brasileiros que estão morando no país atualmente. Pensamos em algo com um ‘gosto de casa’, com brasilidade em cada toque, isso é: cor, alegria, motivação, força e muita energia”, diz a direção.

Para o próximo ano, o projeto de expansão das empresas ampliará as ações em algumas vertentes, como: investimento e estruturação de política de atacado, alinhamento do posicionamento online com o e-commerce, além da reestruturação dos pontos de venda. Cada um desses assuntos, segundo a direção, possui ações com prazos específicos para 2020. O objetivo do grupo é solidificar a estrutura da fábrica e das lojas, promovendo, consequentemente, mais empregos, maior giro de capital e desenvolvimento social.

0 visualização

© 2017 REVISTA NOSSA CIDADE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Alameda Roentgen 7D - 1ª andar, Escritório 7 - Telheiras, Lisboa, Portugal

lisboa@revistanossacidade.pt / rnc.lisboa@gmail.com

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Preto Ícone YouTube