A BUSCA PELO TRATAMENTO PARA AUTISMO


A maternidade é por si só um desafio, que pode ser ainda maior ao ser mãe de uma criança autista, considerando, ainda, os diferentes graus do transtorno. Magda Lizbir Gomes, terapeuta em análises transacionais e counseling em biodescodificação, ressalta sua trajetória após a chegada do filho. “É muito complicado para uma família receber a notícia de um diagnóstico de autismo. Muitas mães se sentem culpadas pensando que fez algo de errado ou, ainda, preocupam-se com a opinião de familiares e amigos. É um sentimento de

medo e frustração, com a dificuldade e falta de apoio para lidar com certos comportamentos do filho.”


As causas do transtorno do espectro autista são consideradas um mistério. O autista apresenta deficiência em três áreas do desenvolvimento: a comunicação, a interação social e a imaginação. Atualmente, o que se sabe, no entanto, é que quanto antes as terapias sejam

iniciadas, maiores as chances da criança se relacionar com o mundo.


Hoje, o filho é fonte de inspiração para a mãe que busca ajudar com o seu trabalho outras famílias que enfrentam esse desafio. “Informações básicas, como onde buscar ajuda em cada bairro, assim como qual o suporte necessário, fazem uma grande diferença para a criança e para a família. Muitas vezes, por falta de conhecimento, famílias brasileiras retornam para o Brasil, frustradas por não conseguirem realizar o tratamento por aqui.”


Na capital londrina, há centros para crianças com necessidades especiais com atividades sensoriais, motoras e da fala. Também existem centros de suportes às famílias, terapias, creches e escolas especializadas,além dos planos de educação e benefícios para a criança

e para o cuidador. Profissionais, como fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, além de cursos e formações para os pais e familiares, também estão disponíveis e são muito importantes para o tratamento. O governo oferece os serviços de forma gratuita, fornecendo, inclusive, intérpretes em casos de necessidade.


Em Londres, especificamente, não é preciso se ter o diagnóstico para começar a intervenção. A ajuda dependerá dos serviços oferecidos em cada região da cidade. “Os ‘boroughs’ [bairros] de Wandsworth, Lamberth, Richmond e Balham são os que oferecem mais tipos de apoio. Em Wandsworth, especificamente, você pode contar com um cartão de descontos em lojas, opções de entretenimento, obter prioridades em filas, entre vários outros benefícios.


Já nos centros chamados “Cares” é possível buscar benefícios para o cuidador e, ainda, dependendo do grau de autismo, conquistar uma ajuda de custo mensal do governo. “Nos casos mais graves, o cuidador não consegue conciliar sua rotina com um trabalho formal.

No sistema de pensões se reconhece a atividade como um trabalho, inclusive, contando para a aposentadoria”, esclarece a terapeuta.


Outro centro de suporte é o “Contact Plus Wandsworth”. Ele oferece ajuda, aconselhamento, informação e formação para as famílias com filhos deficientes, independentemente da condição e do tipo de deficiência. Também é possível contar com o “Famíly Support”, que dá uma quantia em dinheiro para compra de brinquedos, fraldas, remédios e, até mesmo, suplementos, roupas e alimentos.

Sobre o apoio que recebeu para o filho, Magda relata. “O ‘Enhanced Children’s Centre’ foi o centro que me ajudou e continua me ajudando com o meu filho. Depois que descobri este centro, a minha vida e a do meu filho se transformou, porque recebi

toda a ajuda e suporte necessário”, enfatiza.


Hoje, aos quatro anos, o filho de Magda está alternando entre três dias em uma creche normal e dois dias no centro. Orgulhosa de todas as suas conquistas, ela destaca que ele está se desenvolvendo cada dia mais. “Quero animar a todas as famílias que se encontram com uma criança com necessidades especiais a buscarem ajuda.

Mesmo que você não fale inglês fluente, não se preocupe, eles vão buscar te ajudar”, finaliza.


@terapiascomagda

@terapiascomagda

+44 7447 608050

1 visualização

© 2017 REVISTA NOSSA CIDADE. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Alameda Roentgen 7D - 1ª andar, Escritório 7 - Telheiras, Lisboa, Portugal

lisboa@revistanossacidade.pt / rnc.lisboa@gmail.com

  • Facebook Basic Black
  • Instagram Basic Black
  • Preto Ícone YouTube